top of page

CAPITAL INICIA COPINHA COM DERROTA PARA O VASCO

Time carioca teve que suar a camisa para conseguir vencer o rubro negro tocantinense por 2 X 1



Com muita chuva e o campo totalmente alagado o Capital FC enfrentou o Vasco na primeira rodada do grupo 29 da Copinha, nesta quarta-feira (04), no Estádio Prof. José Liberatti, em Osasco. O time carioca acabou levando a melhor no duelo contra o rubro negro do Tocantins por 2 gols a 1.


O estado do campo atrapalhou bastante a performance dos jogadores, as poças de água na grama dificultaram o movimento de bola e dribles das duas equipes, assim, o primeiro tempo se resumiu a grandes chutes na tentativa de chegar próximo ao gol. Já no segundo tempo foi possível ver um pouco de futebol das equipes.


O Vasco saiu na frente no primeiro tempo com um gol feito pelo camisa 7, após um lançamento para a área a bola parou em uma poça e ficou diante de Ray que finalizou com uma cavadinha e balançou as redes do Capital.


Já no segundo tempo os jogadores do Capital sofreram por falta de ritmo de jogo, apesar de 40 dias intensos de treino e estar bem fisicamente o último jogo oficial do time foi em setembro de 2022. O treinador Wilsomar Sena teve que fazer suas 4 substituições antes dos 30 minutos do segundo tempo devido a intensas cãibras nos jogadores.


O Capital mostrou sua força no segundo tempo pressionando o time carioca e partiu para frente, em uma dessas jogadas Careca arrancou até a intermediária e foi parado com uma falta, Guilherme realizou a cobrança e fez um golaço de falta que deixou o goleiro carioca sem possibilidade de defesa.

O final do jogo foi eletrizante e no minuto 49 do segundo tempo o Vasco aproveitou uma sobra e fez um cruzamento para área e Roger cabeceio marcando o segundo gol do time carioca.


Apesar do peso da camisa adversário, o Capital não se sentiu retraído e jogou grande parte do jogo de igual para igual com grandes chances de finalização. O tempo acabou pregando uma peça no rubro negro tocantinense e por segundos a equipe finalizava o jogo com um empate contra o time carioca.


O jogo foi marcado por entradas duras, dificuldade de jogadas e com algumas provocações entre as equipes

Pós jogo


Ao ser questionado sobre o sentimento e a representatividade do Gol feito contra o Vasco o camisa 10 do Capital, Guilherme, ressaltou que é fruto de um trabalho que vem fazendo nos treinos “ A muito tempo eu venho treinando essa cobrança de falta, e hoje graças a Deus consegui concretizar da melhor forma possível chegando a um gol para a nossa equipe” afirma Guilherme

O presidente do Capital Ricardo Carreira se diz orgulhoso da equipe que diante de um campo com condições precárias conseguiu fazer um bom jogo. “Foi um jogo difícil para as equipes, sofremos muito com o campo que nos impossibilitou de realizar jogadas e trabalhar o embate homem a homem. Apesar do resultado adverso, nós estamos confiantes pois foi com o clube considerado o mais forte do grupo e acreditamos que temos total condições de buscar a vaga até a última rodada contra os demais times, estamos muito animados” finaliza Ricardo


Copinha


O próximo desafio do Capital será contra o Audax-SP, no dia 7 de janeiro às 17h15.




Comentários


Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page